quinta-feira, 21 de abril de 2011

Encontro Blogger em 23 de Abril de 2011 em Constância




4ª Encontro Blogger em 23 de Abril de 2011 em Constância


AINDA HÁ VAGAS...




No ano passado não me foi possível comparecer, pensei que este ano seria possível fazê-lo e afinal mais uma vez e com muita pena não vou poder ir :-(


Não deixem de participar todos os  que podem e quero muito ler e ver o que têm para contar.


Desejo-vos uma excelente prova e um excelente almoço e já agora bebam uma por mim ! 




Estou com voces em pensamento.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Estafeta Cascais-Oeiras-Lisboa 2011

Domingo de sol... preparados para ir de comboio até ao Estoril, mas o Carlos não se sentia bem devido a uma gripe e resolveu fazer tempo, já que não corria dava apoio logístico e levou-nos de carro até ao Estoril.

Soube-me bem porque ando cansada e ainda adormeci no caminho enquanto eles falavam :-)

Preparada para mais uma prova com a satisfação de que iria correr na Marginal onde tanto gosto. É tão bonita!

Como o Carlos não ia resolvi ir com o Jorge fosse a que velocidade fosse, iria acompanha-lo de acordo com as possibilidades dele... nas calmas!
Surpreendentemente fizemos os primeiros 10kms tranquilos e fiquei toda contente quando vi no placar dos 10kms,  50m porque pensava que íamos mais lento, nem dei pelo tempo .... ia na conversa :-)))

Não faltou água pelo caminho!

A partir do 15km o Jorge começou a sentir-se mais cansado e abrandamos um pouco mas com um bocadinho mais de conversa lá fomos.
No fim o Carlos foi-nos "buscar" próximo da meta e com mais esse incentivo eu e o Jorge acabamos a prova em 01:55:18.

Acabei tranquilissima :-) Na Meia Maratona de Setúbal o Jorge quer ver se consegue fazer os 21kms em menos de 2h00.

O pior no fim foi a confusão que se gerou por causa das camisolas :-(
Depois tudo se resolveu.... parece que havia falta de camisolas!


quinta-feira, 14 de abril de 2011

Auto massagem para corredores


É muito comum, em treinos desportivos ou competições, fazer aquecimento e alongamento para preparar a musculatura, e assim, ter um desempenho ainda mais seguro e satisfatório. Outro item que é cada vez mais explorado pelos praticantes de desporto, atletas e seus treinadores, é a utilização da massagem na preparação de um corpo cada vez mais exigido.
 
Como nem sempre temos um profissional massoterapeuta a nossa disposição, a solução pode estar na auto massagem, em que se pode realizar manipulações provindas da técnica Sueca (ocidental). Tanto antes como depois do treino, na massagem desportiva é recomendável deslizamento das mãos seguindo a direcção das fibras musculares e no sentido do retorno do sangue para o coração. Sendo assim, nas pernas, fazer debaixo para cima. Quando chegar na extremidade, volte para o início do agrupamento muscular sem fazer pressão, evitando o vai-e-vem na pressão do tecido muscular. Para facilitar este deslizamento pode ser usado cremes que não sejam tão facilmente absorvidos pela pele ou óleo mineral. A pressão exercida sobre a pele é leve no início e após algumas repetições aumentar a pressão repetindo a mesma manobra.

 
Um ponto importantíssimo na realização da auto massagem é evitar pressão na região das articulações ou as bem próximas a elas, principalmente se ali existir dor. As cápsulas articulares assim como as bursas são locais onde, ao serem pressionadas, facilmente podem piorar a situação de uma inflamação. Somente profissionais qualificados em massagem terapêutica podem definir uma manobra adequada nestas regiões e mesmo assim quando receberem um diagnóstico médico das causas reais desta dor.

Pode-se dividir a massagem desportiva em 2 fases devido ao momento que se encontra a musculatura. A massagem que se faz antes, e a que se faz após o treino.

Os objectivos principais da massagem antes do treino são de aquecer a musculatura, aumentar o metabolismo na região, nutrir as células com mais sangue arterial e aumentar o estado de alerta.

Ela basicamente se faz através de movimentos rápidos e superficiais com o deslizamento das mãos envolvendo a musculatura. Ao final dos deslizamentos, pode-se usar a manobra de tapotagem (leve batidas, porém, rápidas) com as mãos abertas ou fechadas.
 
Já na massagem pós-treino tem como objectivo principal o relaxamento e eliminação mais rápida de substâncias tóxicas geradas pelo uso mais intenso da musculatura. Neste momento, massajar através de movimentos mais lentos e profundos e evitar a tapotagem. Como logo após o treino ou competição estamos exaustos, pode-se aproveitar o período agradável do pós banho para passar creme (neste caso, pode ser de fácil absorção) e realizar massagem conforme a técnica aqui apresentada.
 
Tais manobras devem ser realizadas de forma confortável, no chão ou em uma cadeira com as costas direitas. Esfregue as mãos e bata umas 3 palmas antes de realizar a massagem. Serão nítidos, durante e após a auto massagem, uma sensação de satisfação e leveza. A massagem pode levar de 4 á 10 minutos ou mais. Faça principalmente nas regiões mais exigidas no seu treino. Para os corredores, não esquecer dos pés e da região glútea.
 
Com estas dicas o corredor estará preparando melhor os locais mais exigidos do nosso corpo nos momentos mais desgastantes, e assim, evitar contusões e melhorar as condições de desportistas com uma vida mais saudável e prazerosa.

 

segunda-feira, 4 de abril de 2011

29ª Corrida dos Sinos

A corrida dos Sinos este ano foi muito engraçada e diferente.
 
Quando eu e o Carlos estávamos a ir para Mafra para nos encontrarmos com o Jorge Almeida questionamo-nos entre irmos correr e tentar melhorar o nosso tempo do ano anterior ou fazer companhia ao Jorge.
Resolvemos fazer companhia ao Jorge e o Carlos disse logo que se fazia numa 1h30 a prova… para o Jorge não ficar cansado.
 
Estava bastante fresco quando chegamos, confesso que sou muito friorenta e ficamos dentro do carro o tempo suficiente para fazer um ligeiro aquecimento. Não nos preocupamos muito com o aquecimento porque iríamos correr nas calmas.

Na linha da partida tive a oportunidade de rever o José Lopes.
Após a partida, como sempre diferente com o toque do Sino, vimos o Fábio e de seguida a Ana Pereira que nos acompanhou no inicio da prova.

O Fábio não o largámos mais já que ele e o Jorge estão agora a correr mais ou menos com a mesma média.

Fomos encontrando pelo caminho alguns conhecidos, ou melhor, conhecidos do Fábio que é um mestre em relações públicas :-))

Desta vez não pode tirar as fotos do costume…. Só correr...
Pessoalmente foi muito gratificante e prazerosa esta prova, consegui vê-la de uma outra perspectiva. Consegui ir a conversar nas calmas com o Fábio, fazer comentários sobre os corredores, ver as pessoas no caminho que de uma forma diferente participavam na festa, a música e os corredores que dançavam e brincavam….

Das outras vezes eu também vejo mas não tenho “tempo” de observar e comentar da mesma maneira porque estou mais focada em tentar melhorar os meus tempos de prova.
 
No fim chegamos todos à meta ao mesmo tempo porque tinha sido o combinado com o tempo de 01:27:00.


E a próxima prova será a 17 de Abril, Corrida em Linha 20Kms CASCAIS, OEIRAS, LISBOA


Vou-me inscrever também na prova do dia 1 de Maio, 15kms pelas Avenidas de Lisboa